GRAMEIRA 11111
GRAMEIRA 1
ENEM

Mãe e filha viajam 70 km de moto após prima errar a cidade na inscrição do Enem, em RO

Uma mãe e uma filha de Rondônia viajaram de moto por 70 quilômetros, neste domingo (3), após uma prima ter errado o município de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no momento da inscrição

03/11/2019 12h00
Por: REDAÇÃO
Fonte: G1

Uma mãe e uma filha de Rondônia viajaram de moto por 70 quilômetros, neste domingo (3), após uma prima ter errado o município de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no momento da inscrição.

Ao G1, Sueli Rasalsq de Carvalho, 33 anos, contou que apenas a filha vai fazer a prova do Enem, porém como a candidata é menor de idade, ela precisou pegar uma moto em Alvorada do Oeste (RO) e levar a filha até Ji-Paraná.

“Alvorada do Oeste tem prova neste domingo, mas a prima da minha filha errou o local na hora da inscrição e acabou marcando para Ji-Paraná. Saímos de casa 7h da manhã, em Alvorada, e chegamos em Ji-Paraná às 9h”, diz

Enquanto a filha ficar fazendo a prova neste domingo, Sueli diz que pretende ficar na casa de um parente na zona rural. “Vou vir buscar ela no fim do dia e viajar mais 70 Km de volta para chegar em casa em Ji-Paraná. Semana que vem faremos o mesmo trajeto para o segundo dia de provas do Enem”, afirma

A filha de Sueli, Joana, Rasalsq, 17 anos, tem vontade de cursar enfermagem.

Dados do Enem no estado

Conforme o Inep, entre os inscritos em Rondônia, boa parte é de por mulheres, com 35.746 contra 22.897 homens. As pessoas que se declararam pardas também são maioria: há 35.191 inscritos.

Os candidatos que se apresentam como brancos somam 13.719. Negros e indígenas há 6.457 e 524, respectivamente.

Sobre quantitativo de inscritos por município, a capital Porto Velho concentra o maior número: são 25.449 pessoas que farão a prova na cidade. A Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) informou que o transporte coletivo funcionará com frota normal de meio de semana para atender os candidatos.

Em seguida vem Ji-Paraná (4.851), Cacoal (4.219), Ariquemes (3.755), Vilhena (3.025), Rolim de Moura (2.745) e Guajará-Mirim (2.577).

Estrutura da prova

O exame ocorrerá em dois domingos em todo o país: 3 e 10 de novembro. No primeiro dia, serão aplicadas as provas de:

linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias.

  • duração: 5h30

No segundo domingo, dia 10 de novembro, será a vez das questões de:

  • ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.
  • duração: 5h

Data dos resultados

  • Gabarito oficial: 13 de novembro
  • Resultados individuais: janeiro de 2020

Fonte:G1